Se você deseja otimizar o processo de tomada de decisão do seu negócio, está na hora de entender um pouco mais sobre inteligência artificial (IA). Afinal, essa tecnologia pode revolucionar a forma como suas rotinas organizacionais são realizadas, tornando-as mais ágeis, precisas e produtivas. Tudo isso graças à melhora na qualidade dos dados gerados, inclusive nas tarefas mais críticas.

Além do mais, a IA também ajuda na detecção de problemas e gargalos, executa diagnósticos de operações e processa um grande volume de dados com a colaboração de soluções de Big Data, beneficiando toda a empresa.

Quer saber melhor por que ela aprimora a tomada de decisões na sua companhia? Continue lendo o post e descubra!

Por que vale a pena investir em inteligência artificial?

Para saber se vale a pena investir em inteligência artificial, primeiramente é preciso averiguar se a sua empresa valoriza a tomada de decisão baseada em dados (data-driven).

Se a resposta for positiva, isto é, se o seu empreendimento conta com uma cultura de dados, a inteligência artificial conseguirá auxiliar na simplificação dos processos. Ela também poderá tornar mais claros os dados “confusos” que atrapalham os gestores na hora de definir ações e estratégias.

Por outro lado, quando é preciso tomar decisões baseadas em dados sem o auxílio dessa tecnologia, necessita-se de uma boa equipe de analistas que, de forma bruta, avalia diversas fontes de informação. Ela também fica responsável por executar correlações e regressões, bem como por estruturar análises dos dados gerados para fornecer apoio aos líderes do empreendimento.

Esses processos, no entanto, são custosos; além disso, muitas vezes o time de profissionais acaba executando apenas tarefas operacionais, dificultando que os analistas possam realizar avaliações adequadas e com profundidade para encontrar respostas ideais e mais acertadas para os dilemas da empresa.

Por sua vez, a IA, quando unida aos conceitos atuais de Big Data, permite a obtenção de processos semelhantes mais rápidos (até mesmo em tempo real) e baratos apenas com a contratação e implementação dessa solução tecnológica.

Nesse contexto, é preciso ainda destacar o alto grau de acerto desse tipo de solução, já que seus algoritmos chegaram a um nível de complexidade e precisão em que a resposta conferida vem a ser melhor que o trabalho desempenhado pelos analistas.

Em quais questões a inteligência artificial pode ajudar na tomada de decisão?

Diagnósticos de anomalias, oportunidades e riscos

Uma inteligência artificial produz diagnósticos de várias áreas e processos, colaborando no mapeamento de oportunidades, riscos e anomalias. Para isso, ela pode analisar constantemente alguns KPIs relevantes da empresa, com o objetivo de alertar as equipes sobre possíveis problemas.

Segmentação de clientes

Uma IA consegue utilizar algoritmos para fazer segmentações efetivas, possibilitando a recomendação de produtos alinhados com os perfis das pessoas analisadas. Isso proporciona maiores chances de estruturação de boas estratégias comerciais, de crescimento, de previsão de vendas, entre outras.

Identificação de gargalos e demais problemas

Uma inteligência artificial costuma monitorar todos os sistemas do empreendimento, podendo utilizar dados de sensores, de bancos de dados, de históricos, entre outros. Devido a essa peculiaridade, ela é capaz de identificar gargalos e demais problemas nos processos, inclusive antes de causarem dificuldades mais graves para as equipes e para a organização.

Como é possível aplicar a inteligência artificial no processo de tomada de decisão?

Em um primeiro momento, é fundamental contar com uma solução eficiente e capaz de automatizar adequadamente os processos organizacionais, fazendo com que se repitam de maneira sistemática.

A IA também é capaz de automatizar o fluxo de informações, fazendo com que elas cheguem em tempo real até o Data Lake, que é, basicamente, o banco de dados em que se encontram os dados compilados.

Vale destacar que a automação propiciada pela IA economiza muito tempo dos funcionários, por exemplo, ao reduzir o período gasto em buscas para encontrar informações.

Um trabalho que analistas precisam fazer é produzir relatórios sobre os dados que as empresas lançam no sistema. Após isso, é necessário realizar levantamentos das informações contidas neles e que serão úteis aos gestores.

Nesse contexto, a IA se destaca. Afinal, já existem algoritmos de text mining (mineração de textos) que conseguem ler um documento livre e achar informações dentro dele. A partir disso, a inteligência artificial gera automaticamente um arquivo em Excel ou em algum outro formato com esses dados valiosos.

Em suma, essa primeira etapa de extração automática de dados libera muito tempo para que as equipes consigam focar em funções mais criativas. Outros benefícios que podem ser obtidos são:

  • maior velocidade no tratamento e processamento de dados;

  • baixo custo nos processos de análises;

  • maior grau de acerto nas estratégias feitas com base nas informações coletadas e trabalhadas;

  • alto nível de replicabilidade de processos, pois os softwares conseguem fazer as mesmas análises várias vezes, o que garante que qualquer fluxo de trabalho seja, inclusive, escalável;

  • construção de uma democracia/cultura dos dados, pois sistemas que utilizam IA conseguem distribuir a prática de análise de dados na empresa inteira, fazendo com que os profissionais tomem decisões baseadas em informações.

É importante mencionar que para que o algoritmo da inteligência artificial tenha maior precisão, faz-se necessário ter um volume de dados relevante. No entanto, esse montante não precisa necessariamente ser levantado internamente; ele pode ser obtido com parceiros externos que atuem na área.

Aliás, vale destacar que a implementação de uma IA deve ser feita com bastante planejamento, levando em consideração os desafios da companhia. É fundamental estudar bem a solução desejada e buscar um fornecedor que seja confiável e renomado no mercado.

Ele precisa dispor de bastante expertise não só no desenvolvimento da inteligência artificial, como também no processo de sua implantação e adaptação às necessidades da empresa. Dessa forma, os resultados obtidos poderão ficar em maior conformidade com as reais necessidades das organizações, o que pode ajudar a equipe de gestores a aprimorar o processo de tomada de decisão.

Quer entender melhor como a IA pode ser valiosa para a tomada de decisão no seu negócio? Entre em contato com a nossa equipe para que possamos ajudá-lo!

Beluga
Autor

No blog Beluga você encontra o melhor conteúdo sobre data science, machine learning e inteligência artificial para alavancar sua empresa através dos seus dados.

Escreva um comentário